21 de junho de 1948 o dia que nasceu o vinil e os seus 65 anos no Brasil

Muitos dizem, mas não foi Frank Sinatra que fez a primeira gravação de um LP. Na verdade, seu disco “The Voice of Frank Sinatra” foi o primeiro a ser comercializado no novo formato.

É isso mesmo, “A Voz” como é conhecido este grande cantor, foi um dos responsáveis por emprestar seu talento ao novo tipo de disco que entraria para a história, porém, não foi o precursor e sim um dos precursores!

R-2245305-1398971652-2011.jpeg

A Columbia Records no dia 21 de Junho de 1948, no Hotel Waldorf Astoria, em Nova York, apresentou o primeiro Long Play (LP) de 33 1/3 rpm (rotações por minuto) com 12 polegadas e este ato fez com que os discos de acetato de 78 rotações que existiam desde 1890 passassem paulatinamente para o desuso.

Foi uma semana depois da apresentação da Columbia que, de acordo com Sean Wilentz no seu livro “360 Sound: The Columbia Records Story”, o disco “Concerto para Violino em Mi menor de Mendelssohn“ (gravação de Nathan Milstein; condução de Bruno Walterna com a New York Philharmonic) entraria para a história como o primeiro LP a ser gravado e até o final de 1948, a Columbia teria comercializado 1 milhão e 250 mil LPs.

Interessante é que, também de acordo com Sean Wilentz, a RCA Vitor (uma das pioneiras na pesquisa e fabricação de discos e vitrolas) num primeiro momento não acreditou no formato e só em janeiro de 1950 que resolveu entrar na onda do Vinil, mas, depois de perder alguns milhões de dólares e artistas.

Os Long Plays diferenciavam no tamanho e apresentavam uma maior durabilidade já que os discos de acetato costumavam arranhar facilmente e quebravam a qualquer batidinha.

Outra coisa importante da diferença entre o vinil e o disco de acetato é a qualidade sonora superior, eram maiores e, por isso, podiam conter até 22 minutos e meio de música, coisa anteriormente impossível.

No Brasil os primeiros Vinis vieram em 1951 e os discos de acetato 78 rpm foram deixados de fabricar a partir de 1964.

O primeiro registro de um disco gravado no Brasil foi em 1902 comandado pelo cantor Manuel Pedro dos Santos, mais conhecido como Bahiano (1870-1944 – natural de Santo Amaro da Purificação/BA) e foi o quarto país a aderir ao novo sistema inventado pela Columbia (EUA, Inglaterra e França e logo depois o Brasil).

Em janeiro de 1951, Carnaval em Long-Playing foi o primeiro LP brasileiro lançado pela Capitol/Sinter com artistas e grupos do calibre de Heleninha Costa, Geraldo Pereira, Os Cariocas e outros. Era um disco de sambas e marchas feitos para o carnaval daquele ano.

Desta forma, em janeiro de 2016 comemoramos os 65 anos da entrada dos vinis no Brasil!!!

__________

Quer saber mais sobre o “ressurgimento” do Vinil? Clique aqui!
Quer saber sobre a qualidade sonora do Vinil, do CD, do streaming e do MP3? Clique aqui!
Sobre os toca discos? Clique aqui!
Cuidados com seus discos? Clique aqui!
Como e onde comprar? Clique aqui!
Toda semana um novo post realizado por nós, a equipe do UV, no menu “Conversa de Vinil

Quer interagir? Clique AQUI!

Website Malware Scan