Limpeza de discos de vinil: um passo a passo ilustrado

Nesta nossa Conversa de Vinil vamos falar de um dos assuntos que mais preocupam os colecionadores e fãs dos discos de vinil: limpeza!

O fã do vinil sabe que conservando o disco ele pode durar anos e anos, pois, é considerado uma das mídias que tem uma vida mais longa dentre todas as que existem para armazenar música, bastando ter o devido cuidado.

Nosso colaborador Haertel Mendes – um gaúcho radicado no Espírito Santo – fez para os(as) leitores(as) do UV um trabalho sensacional com o passo a passo da limpeza e ainda nos mostra alguns instrumentos que ele produziu e o resultado da sua experiência com o antes e o depois, com fotos feitas num microscópio. Acompanhem!

Primeiro observem no vídeo as informações que Haertel nos passa para entendermos seu processo:

Avaliem o som do disco antes da limpeza:

Observem a imagem – realizada a partir de um microscópio – do disco ainda sujo do vídeo acima  (circulamos alguns pontos de sujeira na trilha), se avaliarem bem verão vários resíduos acumulados nos sulcos.

Acompanhem o processo de lavagem:

Na foto abaixo existem 2 artefatos (os círculos pretos com as bordas azuis) que servem para proteger o rótulo. O próprio Hartel os confeccionou, utilizando dois potes e borrachas que apenas fossem um pouco maiores que o rótulo e, assim, na hora da lavagem evitar que o papel se molhe, correndo menos riscos de estraga-lo. Observem também o detergente neutro e as esponjas macias e antirrisco e, atenção: jamais use força ao passar a esponja – passe-a bem levemente e em círculos, acompanhando o ângulo das trilhas.

Percebam a colocação do artefato que evita molhar o rótulo:



Momento da lavagem:

Após a lavagem passe levemente um pano para retirar o excesso de água e deixe o disco secar na sombra em pé. Jamais coloque um disco ainda úmido para tocar, isso pode danificar o disco, agulha e cápsula.

Agora acompanhem o resultado final no vídeo e como fica a audição do disco depois da limpeza:

Por fim, vejam a imagem do disco limpo obtida no microscópio. Observem que os resíduos praticamente sumiram, porém, um ou outro ainda é visto, mas os riscos obviamente continuaram, porém, de acordo com o vídeo acima a audição é quase perfeita.

Para seu disco ficar 100%, talvez precise de outra lavagem. Em discos muito sujos é provável que um resultado positivo só ocorra após a 3ª limpeza. É possível também que algo parecido com fiapos fiquem presos na agulha no momento da primeira audição após a limpeza, isso são resíduos que foram despregados dos sulcos e, por isso, se acumulam na agulha quando ela passa pela trilha, para solucionar, basta limpar a agulha e este é um bom sinal, já que demonstra que o processo de limpeza está tendo sucesso.

Pois é, disco limpo é fundamental e a experiência com os discos de vinil fica muito mais bacana e agradável aos ouvidos quando colocamos um bolachão limpinho no toca-discos, sem contar que isso ajuda (e muito) a preservar sua agulha!

Disco é cultura? É sim! Mas, disco limpo é melhor ainda!

_______

Todo domingo às 19h na Rádio UFS FM 92,1 tem o programa Conversa de Vinil
Você pode escutá-lo pela web em radio.ufs.br ou a partir do podcast, clicando aqui

Quer saber mais sobre o “ressurgimento” do Vinil? Clique aqui!
Quer saber sobre a qualidade sonora do Vinil, do CD, do streaming e do MP3? Clique aqui!
Sobre os toca discos? Clique aqui!
Cuidados com seus discos? Clique aqui!
Como e onde comprar? Clique aqui!

Quer interagir? Utilize a seção contato, clicando AQUI!

Faça o download gratuito do livro Conversa de Vinil: o universo dos discos de vinil ou o adquira no formato papel para ajudar o UV a se manter sem a necessidade de propagandas ou patrocínios clicando AQUI

Website Malware Scan