Novos números do mercado norte-americano de música

A receita global na indústria da música aumentou sensivelmente no primeiro semestre deste ano, liderada por um número crescente de pessoas que usam serviços de transmissão de música, de acordo com números divulgados quarta-feira (20 de setembro) pela representante da indústria fonográfica norte-americana, a Recording Industry Association of America – RIAA

A RIAA estimou a receita de varejo nos primeiros seis meses de 2017 em US $ 4 bilhões, mais de 17% em relação ao mesmo período do ano passado, com o dinheiro gerado pelos serviços de transmissão representando 62% desse total.

As vendas de produtos físicos – de vinil, EP e singles para cassetes, vídeos musicais, DVD Audio e discos SACD – praticamente se mantêm estáveis, com apenas uma queda de 1% no primeiro semestre de 2016, de US $ 641 para US $ 632 milhões, excetuando os discos de vinil que continuam a crescer, embora mais lentamente do que nos últimos anos, registrando um aumento de 3,2% de US $ 176,1 milhões para US $ 181,7 milhões representando 7,2 milhões de unidades vendidas.

O desaparecimento de downloads permanentes de música continuou rapidamente no primeiro semestre de 2017, gerando US $ 757 milhões – menos da metade do negócio que esses downloads fizeram no primeiro semestre de 2013, quando calcularam US $ 1,54 bilhão.

 

Website Malware Scan