Vendas de vinil cresce nos EUA nos primeiros 9 meses

A Nielsen é uma das empresas que aferem as vendas de música nos EUA. No seu último relatório trimestral, os álbuns de vinil subiram as vendas em 3,1 por cento para 9,35 milhões de unidades (o total acumulado em 2016 no mesmo período foi 9,07 milhões de unidades). Sgt Pepper’s Lonely Hearts Club Band , é o álbum de vinil mais vendido com 40 mil unidades.

Aproveite e escute nosso programa Conversa de Vinil sobre este fantástico álbum que completou 50 anos em 2017, clicando aqui

No geral, os álbuns físicos caíram 13,3 por cento para 67,4 milhões de cópias de 81,5 milhões de cópias; enquanto os álbuns digitais caíram 19,5 por cento para 50,1 milhões de cópias de 62,2 milhões de cópias no final do período de nove meses em 2016. As vendas globais de álbuns combinadas tanto físicas como digitais caíram 18,3 por cento para 117,5 milhões de cópias, de 143,7 milhões de cópias.

Dentro das vendas físicas, o CD caiu 19,9 por cento para 57,76 milhões de cópias nos três primeiros trimestres de 2017, abaixo de 72,1 milhões de cópias no período correspondente de 2016; enquanto os álbuns de vinil ganharam 3,1 por cento para 9,35 milhões de unidades do total acumulado no ano de 2016 de 9,07 milhões de unidades.

As vendas de downloads de trilhas tiveram o tempo mais difícil de todos os formatos e configurações, caindo 23,1 por cento para 437,5 milhões de unidades nos primeiros nove meses de 2017, contra as 569,2 milhões de unidades em 2016.

O espaço entre as grandes no conjunto de vendas é dividido da seguinte forma:

A Universal Music Group continua liderando a indústria com 36,35 por cento em álbum, seguido da Sony Music Entertainment com 26,9 por cento; Warner Music Group tem 17,2%; e o setor independente tem 19,53 por cento.

Fonte Bilboard

Website Malware Scan