Cuidados

cuidados

O vinil é uma mídia que pode durar décadas, desde que seus proprietários sigam algumas dicas de conservação.

Antes de qualquer coisa lembre-se: seu disco de Vinil é um plástico, por isso, não o deixe em locais ou próximo a coisas quentes (como, por exemplo, esquecê-lo no sol ou perto de chamas) e, por isso, ele poderá derreter ou enrugar, inutilizando-o para sempre!

Qualquer atrito num plástico pode arranha-lo ocasionando problemas. Por consequência, o disco fica o que popularmente chamamos de “arranhado” e, por este motivo, músicas podem ficar inaudíveis, sendo a pior das hipóteses torná-lo danificado para sempre!

As capas e encartes são de papelão e papel, normalmente plastificados. Os cuidados com esses materiais são permanentes, sem contar que devem ficar longe de água, fogo e evitar derramar líquidos por cima.

Manuseio: o disco deve ser pego com a palma da mão, com o dedo polegar na lateral e os outros dedos apoiando no centro (rótulo). Evite de todas as formas encostar na mídia, pois a gordura natural do corpo pode se instalar nas trilhas do vinil e, assim, atrapalhar a grandiosidade do som e necessitar de uma limpeza.

Limpeza do vinil: para isso, nada melhor que água, sabão neutro e uma esponja bem fina (aquelas que limpam sem riscar ou pode ser usado um chumaço de algodão). Molhe o vinil, passe a esponja molhada com sabão, sem fazer força, bem delicadamente, na mesma direção dos sulcos do disco e enxague-o. Muito cuidado para não passar a esponja e/ou deixar molhar muito o rótulo, pois, isso pode danificá-lo para sempre. Faça essa operação em cada lado.

Passe um pano fino e de algodão de forma leve e  superficial para retirar o excesso de água e deixe o Vinil em pé para secar bem!

Pronto! Está limpo seu vinil!!!! Se perdurarem os chiados repita a operação de limpeza. Mas, atente que ao levar o disco para o toca discos logo após a limpeza, a agulha pode ficar impregnada de resíduos que ainda restaram. Não pense que isso é um problema! Isso é bom sinal, pois a sujeira está sendo totalmente retirada. Limpe com muito cuidado a agulha (há no mercado algumas escovas especiais para limpeza de agulha) e continue desfrutando de seu disco.

Existem outras formas de limpeza, inclusive, vende-se em lojas especializadas alguns tipos de limpadores, porém, o UV aconselha a limpeza com água e sabão neutro, pois, é fácil, barato e muito eficaz!

De forma alguma use sabões ou detergentes fortes!!! Eles podem queimar as trilhas do disco!!!!

Se não tem certeza sobre a qualidade do sabão ou detergente, dilua-o com água antes de usá-lo.

Discos novos também devem ser lavados! E o ato de limpeza deve ser constante, pois a sujeira sempre impregna nos discos!

Armazenamento: o disco deve ser armazenados sempre em pé e acomodado em  dois sacos plásticos. Um que protege a capa e outro que protege o vinil. Os sacos que protegem o vinil servem para evitar a entrada de sujeira, assim como os que envolvem a capa, bem como, para evitar atritos.

Sacos plásticos ou envelopes de papel internos: o UV prefere sacos plásticos, pois os envelopes de papel (mesmo aqueles que vêm em discos novos), com o tempo, soltam resíduos que podem impregnar seu vinil e o atrito com esse tipo de “poeira” pode riscar seu disco. Porém, com uma média frequência, os sacos plásticos internos devem ser trocados já que se desfazem.

Website Malware Scan