Toca-discos e vitrolas

Untitled

A imagem acima é um exemplo dos inúmeros modelos de toca discos e vitrolas que estão no mercado, sem contar, o som vintage que está em voga. (Quer saber mais sobre aparelhos de som vintage? Clique aqui)

Muitos dizem que toca discos, vitrolas e eletrolas são sinônimos. Mas, não!

A palavra vitrola é derivada da marca Victrola da RCA Vitor, um dos primeiros aparelhos a substituírem os antigos gramofones. Com o passar dos anos, a palavra Vitrola passou a ser sinônimo de um tipo de tocador de Vinil que tinha tudo acoplado (caixas de som e controles) num único bloco.

Os toca discos são tocadores separados do restante da aparelhagem de som. Podem ser de três tipos: aqueles em que seus pratos (o local onde se coloca o disco) são movidos por um motor via uma correia – o  chamado Belt-drive, e também o modelo mais vendido hoje em dia; os Idler-whee onde os pratos são movidos por uma polia entre o motor e o próprio e os Direct-drive onde o eixo do motor é o eixo do prato.

Na literatura encontrada na Internet, alguns afirmam que os direct-drive são melhores, mas, há muito controvérsia nisso, pois os aparelhos belt-drives vendidos e fabricados hoje em dia  apresentam uma evolução muito boa se comparado aos modelos antigos.

O que precisa ser levado em consideração ao comprar um toca discos ou uma vitrola é a qualidade sonora que este tocador irá apresentar.

Para se verificar isso, deve se levar em conta o preço. Aparelhos muito baratos tendem a ser piores. Quando for comprar um tocador de Vinil tome muito cuidado com a variedade que existe no mercado hoje em dia. Alguns muito bonitos, mas que deixam a desejar na qualidade sonora, trazendo uma péssima experiência no ato de ouvir um Vinil.

Uma alternativa para quem não quer gastar muito é comprar toca discos usados dos anos 80 e 90. Há inúmeros sendo vendidos por aí e podem custar menos de mil Reais. Mas, é preciso verificar se estão funcionando 100%. Caso não estejam é complicado achar em algumas cidades técnicos que consigam colocar o aparelho em boas condições. Não arrisque! Só compre se estiver 100%!

Fique atento ao comprar um toca disco:

Verifique se ele já vem pré-amplificado e se o aparelho que você vai pluga-lo (seja um micro-system, um receiver ou um amplificador) tem entradas amplificadas para ele. Caso o tocador de Vinil não venha pré-amplificado e o aparelho que irá conectá-lo não tenha entradas pré-amplificadas, será necessário comprar um pequeno aparelho pre-amplificador (vendido nas casas do ramo) , também, chamado por preamp.

Uma parte vital dos toca discos e vitrola são as agulhas e as cápsulas fonocaptoras que você pode ler sobre elas aqui.