Vendas de cassetes mais que dobraram em 2020 no Reino Unido e o vinil deu um salto nas vendas

As vendas de cassetes aumentaram 103% desde janeiro nas Terras da Rainha. Os novos números são da Official Charts que é o órgão representante das gravadoras na Grã-Bretanha e revelaram que as vendas de cassetes mais que dobraram em 2020.

Descrevendo a fita como “o improvável retorno dos formatos musicais”, a Official Charts Company disse que houve um aumento de 103% nas vendas de fitas no primeiro semestre de 2020 em comparação com o mesmo período de 2019.

Também no Brasil há indícios do aumento das vendas ou, pelo menos, da procura de players para as fitas cassete. Para terem uma ideia, este modelo abaixo da Ion, lançado no início do ano de 2020, rapidamente sumiu dos sites de comércio virtual. E, na Amazon ele está listado como 31º produto mais vendido na categoria “rádio e sistemas de som portátil” – até o dia da escrita desta matéria. Quem diria que um boombox retrô iria ser tão procurado e cotado nos dias de hoje? Clique aqui para ver as especificações no site oficial da Ion e se ainda está disponível nos sites da Amazon, Americanas e Ricardo Eletro que foi onde o encontramos para venda.

Boombox Portátil Retro Street Rocker Ion

Mas voltando ao Reino Unido, 65.000 cassetes foram vendidos no primeiro semestre de 2020 e os números estão no caminho para chegar aos 100.000 pela primeira vez desde 2003. As fitas cassetes mais vendidas de 2020 foram amplamente do gênero pop, com 5 Seconds of Summer , Lady Gaga , The 1975 , Selena Gomez e Dua Lipa entre as cinco primeiras colocadas – o 5 Seconds of Summer ‘CALM’ vendeu 12.000 cópias na primeira semana, tornando-a a fita mais vendida em 18 anos.

As vendas de fitas cassete aumentaram no mês de junho e foi revelado que as vendas de vinil dispararam depois que as lojas de discos foram reabertas pela primeira vez desde o bloqueio. Segundo dados da Official Charts Company, as vendas na primeira semana desde a reabertura atingiram o pico do pré-COVID-19.

As vendas de vinil aumentaram 27,57% na semana para um total de 88.486 unidades, enquanto os CDs também tiveram um aumento de 11,09%, para 253.779 unidades. O primeiro álbum de Liam Gallagher , “MTV Unplugged”, liderou as vendas depois de movimentar 17.938 unidades, seguido pela reedição do álbum “Against Against Soul”, do Manic Street Preachers , com 2.838 vendas físicas.

No geral, as vendas físicas representaram 19,1% do mercado geral de álbuns na semana passada, uma alta de três meses. 

No mês passado, os organizadores do Record Store Day na Inglaterra anunciaram uma lista de lançamentos especiais que estarão disponíveis durante o evento socialmente distanciado deste ano. O RSD 2020 foi inicialmente adiado para 20 de junho devido à crise do coronavírus, mas posteriormente foi adiado mais uma vez e se espalhou por três dias separados.