Agora são 126 fábricas de vinil no mundo

Eis o novo levantamento da já tradicional lista de fábricas de vinil espalhadas pelo mundo que o Universo do Vinil frequentemente realiza. Desenvolvemos uma metodologia própria para fazer a varredura na Internet em escala mundial e esta lista é mantida atualizada desde 15 de outubro de 2015.

O último levantamento foi no dia 31 de janeiro deste ano, sendo o de agora atualizado em 23 de julho de 2020. Passado 6 meses podemos perceber que a movimentação para a construção de obras deste porte continua numa boa velocidade. Sinal que o vinil é visto como um negócio promissor na indústria da música.

Infelizmente, continuamos com apenas 35 países no mundo possuidores de fábricas de vinil. É, portanto, uma atividade industrial bastante escassa se levarmos em consideração que existem, segundo a ONU, 193 nações no planeta Terra.

No último levantamento de janeiro de 2020 contávamos com 124 fábricas e agora surgiram mais duas, indo para 126 fábricas, sendo a caçula do mundo a T-Time Vinyl Plant na Noruega.

Sala de audição da T-Time Vinyl

 

Continente

Total de Fábricas

América do Norte (México, EUA e Canadá)

46

América do Sul

05

América Central

1

África

Ásia

14

Europa

56

Oceania

04

Total

124

Mas 2020 promete mais. Já está em fase final a Citizen Vinyl, que será fábrica, loja de discos, bar e café na Carolina do Norte nos EUA, e na Austrália, em Melbourne, continua anunciada a Program Records com previsão de abertura para este ano também. Desta forma, é muito provável que 2020 termine com 126 fábricas espalhadas pelo mundo.

Os EUA continua sendo o país com mais fábricas, num total de 38, e o continente europeu lidera a ranking com 56 plantas fabris de discos de vinil. Infelizmente, a América do Sul permanece sem investimentos nesta área desde a abertura da última fábrica no subcontinente que é a Vinil Brasil, mantendo-se com a mesma quantidade de fábricas, 05 no total – duas na Argentina, duas no Brasil e uma no Chile.

Para ver todas as fábricas do mundo, clique aqui.

Capa: logotipo da T-Time Vinyl – fonte: https://www.t-timevinylplant.com/