Mais uma fábrica de vinil na França

Parece que a Grã-Bretanha e a França travam um duelo à parte sobre quem vai dominar a Europa em matéria de fabricação de discos de vinil, mas por enquanto, é a Alemanha a grande vencedora.

Franceses e ingleses se digladiam pelo segundo lugar, porém, não sabemos até que ponto vão querer competir apenas pelo número 2 na tabela, e a Alemanha não anda se movendo – ela que se cuide!

E os números comprovam que a briga é para valer.

No penúltimo levantamento do Universo do Vinil sobre a quantidade de fábricas de discos de vinil pelo mundo (no início do mês de julho) deparamos com a França ultrapassando a Inglaterra como o segundo país europeu com mais fábricas. Depois, no meio do mês, a Terra da Rainha mostrou seu potencial e empatou (neste momento, ambas tinham 5).

Agora, eis que surge a mais nova fábrica do planeta Terra, Vinyl Records Makers que nasceu de uma star-up francesa. Assim, o País do Asterix, numa corrida sensacional, ultrapassa os ingleses e passa a ter 6 plantas de fabricação de vinil contra 5 inglesas e a (ainda campeã) Alemanha com 10. Lembrando que no mundo, continuam os EUA com 33.

Desta forma, em um mês, nosso levantamento teve que mudar o total de 91 fábricas espalhadas pelo Planeta para 92 e, sensacionalmente, logo depois, para 93. Todavia, o número de países que fabricam vinil continua estagnado em 29.

Os números mostram os motivos da arrancada francesa. Mais de 2 milhões de discos de vinil foram vendidos na França em 2017, contra 519.000 em 2012, 742.000 em 2013, 825.000 em 2014, 988.000 em 2015 e 1,7 milhões em 2016 e já representam quase 8% da mídia musical física comprada pelos franceses. E a tendência é este número aumentar cada vez mais se depender do empenho dos Campeões do Mundo de Futebol em continuarem fabricando discos.

 

Se você quer ver todas as fábricas do mundo, clique aqui em Vinil-Fábricas.

 

_______________

Você leu essa matéria no Noticias do Vinil do UV. Leia mais notícias clicando aqui e nossos artigos semanais e especiais, aqui