Os discos mais caros da história

Recentemente The Black Album do Prince foi vendido no Discogs por 27,5 mil dólares e entrou no rol dos discos mais caros do mundo. Mas, você acha que este vinil é o mais caro? Não! Tem alguns vinis que chegam a preços exorbitantes e inimagináveis, e o site Statista fez um levantamento para sabermos quais são os álbuns que elevaram os discos de vinil a preços de obras de arte de alto calão no mundo financeiro.

Clique na imagem para aumentar e você poder ver melhor:
(desconhecemos o motivo do álbum do Prince não constar na lista do Statista)

Sobre os discos:

Na 11ª posição deveria constar os Sex PistolsTodas as cópias da versão A & M de “God Save the Queen” foram destruídas depois do acordo com o selo ser quebrado após cinco dias. Algumas cópias – ninguém realmente sabe quantas – foram levadas embora por alguns, digamos, espertinhos. As cópias chegam rotineiramente à venda em torno de US $ 25 mil.

Wu-Tang, Once Upon a Time in Shaolin : Anteriormente propriedade Martin Shkrelli, porém, foi condenado pelo governo dos EUA. Agora, ninguém tem certeza de qual será seu destino – este trabalho não foi em vinil, foi um CD duplo com apenas uma cópia feita

Elvis Presley, “My Happiness”: Este foi o primeiro disco de Elvis – o que  gravou para o aniversário de sua mãe. Jack White é o proprietário

The Beatles, The Beatles : Ringo possuía a cópia do álbum branco com o número de série 0000000001. Ele vendeu para um comprador não revelado em um leilão de caridade.

John e Yoko, Double Fantasy : John assinou este disco momentos antes de ser baleado por Mark David Chapman em 8 de dezembro de 1980. Ele mudou de mãos várias vezes desde então. O atual proprietário nunca foi divulgado.

The Beatles, Yesterday & Today : Especificamente o da “capa de açougueiro”.

Os Beatles, “Til There Was You”:   A única música da Broadway que eles já gravaram. Enquanto a música chegou aos álbuns With the Beatles e Meet the Beatles, este teste pressionando (também com “Hello Little Girl”) é uma coisa única. O proprietário é anônimo.

Aphex Twin, Caustic Window : vendido no eBay para um comprador anônimo.

Tommy Johnson, “Alcohol and Jake Blues”: Um lançamento 78 RPM de 10 polegadas extremamente raro de 1930, gravado no lendário selo Paramount. O proprietário é um colecionador anônimo.

Frank Wilson, “Do I love you (Indeed I Do)”: Um single no rótulo Soul, que era uma subsidiária da Motown. Porque é o único lançamento da Wilson relacionado à Motown, é altamente valorizado. Não faço ideia de quem é o dono.

_______________

Você leu essa matéria no Noticias do Vinil do UV. Leia mais notícias clicando aqui e nossos artigos semanais e especiais, aqui