Quando os discos não eram apenas para música

A juventude não sabe e talvez nem imagine como eram os registros sonoros antes do advento dos arquivos digitais e da Internet.

Realizar uma audioaula ou um audiolivro (coisas tão fáceis de serem feitas hoje em dia) necessitava dos mesmo apetrechos para realizar um… disco de vinil ou uma fita cassete!

É isso mesmo, os discos e as fitas eram as únicas formas de armazenagem de som para distribuição e vendas em massa, e muitos dos discos de vinil eram utilizados para outros fins e não apenas para a venda de músicas.

Este exemplo que vamos mostrar aqui é do acervo pessoal do UV e ao escutar o pequeno áudio digitalizado do vinil (abaixo) vocês poderão ter ideia de como eram as audioaulas dos anos anteriores ao advento da Internet e dos arquivos digitais.

Acompanhem o pequeno áudio e as fotos do vinil Ausculta Cardíaca – Áudio apresentação utilizando o simulador de bulha cardíaca acompanhado de textos e ilustrações.

Este disco é de 1972 e dentro dele acompanha um livreto de 55 páginas ilustradas que deveriam ser lidas conforme as informações eram apontadas nas trilhas sonoras do vinil.

Essa é uma relíquia da área médica e da área de educação – especialmente à distância – e exemplifica perfeitamente como eram utilizados os discos para fins educacionais.

Áudio introdutório:

 

Fotos: