Um livro para os amantes do vinil: A Feira dos Discos

A Feira dos Discos é o lançamento do jornalista André Teixeira. Um livro que o próprio autor chama de livro reportagem e que esmiúça a história do comércio de discos de vinil nos tempos áureos desta mídia na cidade de Aracaju.

Mas, obviamente, não é um livro para se inteirar apenas de uma história local. É livro para nenhum amante dos discos de vinil botar defeito, pois, ao contar causos e acontecimentos sobre a venda de discos e seus personagens na capital sergipana, a obra, obrigatoriamente, perpassa pelos acontecimentos que envolveram a mídia vinil no Brasil e no mundo.

O livro já está disponível para compra no site da Amazon pelo preço de R$ 7,99 e para os assinantes do Clube Kindle Unlimited sai gratuitamente.

Você pode clicar aqui para acessar o livro na Amazon.

O livro será lançado no dia 29 de janeiro de 2019 no III Seminário Música e Vinil organizado pelo Grupo de Pesquisa Música e Sociedade da UFS.

Para saber mais sobre o Seminário, clique aqui

Você também pode escutar a entrevista com o autor André Teixeira falando do livro no programa da Rádio UFS FM, Conversa de Vinil, clicando aqui

Descrição da obra:

A feira dos discos é um livro reportagem sobre as pessoas e os lugares de interação da cultura do vinil em Aracaju: Seu Quirino, Freedom, João dos Discos, Distúrbio Sonoro, Cine-Foto Walmir, Cantinho da Música, lojas de rock, Feira das Trocas, colecionadores e tantos outros atores desta cena.

Antes de a música passar por Deezer, Spotfy, Youtube e outros canais de streaming, passou por fonógrafos, gramofones, vitrolas, alto-falantes, pickups, LPs, compactos, acetato, lathe cuts, carnaúba, goma-laca, agulhas, chapas, cilindros, K7’s e o pai do ‘apocalipse do vinil’, o CD. As lojas de disco, sebos e os vendedores de rua são os continuadores dessa liturgia, onde a ancestralidade da conexão sensorial musical não perdeu-se ante as novas práticas realizadas no meio digital, desempenhando valioso papel ao preservar diversos aspectos da memória musical cultural da própria humanidade.

Para o artista, e, por conseguinte, para os demais atores deste segmento da indústria da música, resta o castigo de Prometeu. Não, aqui não contaremos nenhuma tragédia grega. Nesta feira dos discos contamos um pouco da história dos que transformaram em pão o vinil que o Diabo amassou.
 
Para acessar o livro na Amazon, clique aqui
 
* André Teixeira é jornalista, comerciante e colecionador de discos. É o proprietário da Lojinha dos Discos
 
 

_______________

Você leu essa matéria no Noticias do Vinil do UV. Leia mais notícias clicando aqui e nossos artigos especiais, aqui